BiodieselBR.com

Qua30072014

    Lembrar | Esqueceu a senha? Não é assinante? Assine já!
Back Notícias Biodiesel Quatro usinas já estão em operação no Mato Grosso

Quatro usinas já estão em operação no Mato Grosso

Com a inauguração da usina de biodiesel da Barrálcool na última terça-feira, em Barra do Bugres (169 quilômetros ao Norte de Cuiabá) já são quatro plantas em operação no Estado, somando investimentos de R$ 40 milhões e capacidade de produção de 88,96 milhões de litros/ano.

No total, os investimentos das oito usinas em Mato Grosso - quatro instaladas, duas em fase de implantação e dois projetos em andamento – totalizam investimentos de R$ 150,2 milhões. O número de empregos gerados por essas indústrias totaliza 6,1 mil, sendo 300 diretos e 5,8 mil indiretos.

As quatro usinas em funcionamento em Mato Grosso estão nos municípios de Barra do Bugres, Dom Aquino, Porto Alegre do Norte e Rondonópolis. A primeira, de propriedade da Barrálcool, com investimentos de R$ 27 milhões tem capacidade para produzir 57 milhões de litros de biodiesel por ano. É a maior do Estado em operação na atualidade e a primeira do mundo a produzir biodiesel, açúcar e álcool de forma integrada.

A segunda usina, com sede em Dom Aquino (172 quilômetros ao Sul de Cuiabá), com investimentos de R$ 3 milhões, possui capacidade para produzir 15 milhões de litros de biodiesel/ano.

A usina de Porto Alegre do Norte (1,14 mil quilômetros ao Norte de Cuiabá), da Araguaçu Óleos Vegetais (investimentos de R$ 8 milhões), também pode produzir 15 milhões de litros por ano. A empresa, entretanto, está aguardando autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para produzir o biodiesel. A produção atual está restrita a óleos vegetais.

Em Rondonópolis (210 quilômetros ao Sul de Cuiabá), a Sociedade Salles Indústria está implantando uma usina com capacidade para produzir cerca de 1 milhão de litros de biodiesel por ano. Os investimentos chegam a R$ 1,5 milhão.

Além dessas plantas, outro projeto está em fase de implantação, em Sorriso (460 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá), da Agrosoja. Estão orçados R$ 10 milhões e a previsão é de entrar em operação no próximo mês. A capacidade instalada é de 20 milhões de litros de biodiesel/ano.

Outros dois projetos estão em fase de aprovação em Mato Grosso. O maior deles é o do consórcio Aprosoja/Ampa/Coabra. O outro projeto em fase de andamento é o da Biobrasil, que deverá ser instalada no Distrito Industrial de Cuiabá e produzir 9 milhões de litros em 2007.

De acordo com o secretário adjunto de Desenvolvimento da Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia, José Epaminondas Conceição, a Biobrasil está agilizando a documentação para a licença de produção, na ANP e registro na Receita Federal.

MARCONDES MACIEL

Quem leu esta notícia também se interessou:

Comentários  

+1 Lais
23 Março 2011 - 05:15 am

gostei dessas informaçoes da pra entender como funciona o meu estado onde moro
1

Adicionar comentário


Tudo sobre biodiesel