Crambe (Crambe abyssinica) promissora planta para Biodiesel

// 03 maio 2007 // Biodiesel

Crambe abyssinica

O crambe (Crambe abyssinica – planta da família das brassicaceae) surge como planta com grande potencial para a produção de matéria-prima para biodiesel. As pesquisas realizadas pela Fundação MS de Maracajú MS, apontaram para uma produção entre 1.000 e 1.500 quilos por hectare. A grande tolerância à seca, à geadas e a sua precocidade são as grandes vantagens da planta, que floresce aos 35 dias e pode ser colhida aos 85/90 dias, com maturação uniforme.

Para o plantio são necessários entre 12 e 15 quilos de sementes por hectare e não exige tratos culturais específicos. Para seu cultivo são necessários apenas a dessecação da área a ser plantada, a operação de plantio, de colheita e o transporte, com um custo máximo entre R$ 150,00 e R$ 200,00 por hectare.

Revista BiodieselBR

Assinar

A planta tem despertado interesse dos produtores de soja, porque todo seu cultivo é mecanizado e principalmente, por ser uma cultura de inverno (mais uma alternativa para a safrinha), plantada após a colheita da soja em março/abril e ter baixo custo de produção com percentual de óleo total entre 26% e 38%. A extração do óleo pode ser feita de forma mecânica, com extrusora e prensa.

Um dos maiores problemas que a produção de biodiesel vem enfrentando é a falta de matéria-prima (ou matéria prima cara), e o crambe por ser uma cultura mecanizada poderá ser produzida em grande escala e rapidamente, sem grandes investimentos por parte dos produtores rurais, bastando que tenham garantia de venda de sua produção.

Por Univaldo Vedana

Catálogo do biodiesel 2010



60 Comentários em “Crambe (Crambe abyssinica) promissora planta para Biodiesel”

  1. Luciano Gualberto disse:

    Muito interessante por se tornar meio alternativo de energia, gostaria de obter mais informações quanto aquisição de sementes certificadas e no que tange ao comercio do produto pos colheita, grato

  2. Cristiana disse:

    Olá como faço para adquirir essa revista que se trata do Crambe? já que não sou assinante?

  3. JOSÉ WELLINGTON MONTEIRO PEREIRA disse:

    Estou pretendendo fazer Mestrado em Produção Vegetal e me interessei pelo cultivo do Crambe, principalmente pelas suas características de resistência à seca, uma vez que moro no Maranhão. Gostaria de saber se é viável cultivá-la nos Estados do PI e MA. Acho que pode se tornar um projeto interessante. No entanto, não sei nada a respeito, por isso gostaria de obter todas as informações possíveis sobre o cultivo dessa planta e sobre o processamento dela para obtenção do óleo.
    Alguém pode me ajudar ? meu Email é “[email protected]” Obrigado.

  4. Emanuel disse:

    Viva,

    Estou desenvolvendo um projeto pioneiro em Portugal e gostava de semear esta cultura.

    Onde poderei comprar a semente?

  5. Francisco dos Santos disse:

    Boa noite Emanuel:

    Qual é a área da sua plantação ?

  6. Joao Paulo Galves Leme disse:

    Olá faço faculdade de Biocombustíveis e gostaria de trabalhar com o Cambre em meu TCC, aonde consigo sementes e aonde encontro este livro sobre o cambre ser assinante?

  7. Jean karlos disse:

    Olá, pretendo iniciar experimentos utilizando esta planta, gostaria de saber como faço para obter suas sementes, e como faço a aquisição do exemplar destinado a esta cultura.

  8. Fernando Orlando disse:

    Boa tarde, como consigo a sementes de crambe.

Deixe o seu comentário

Login